Staffordshire Bull Terrier

De seu passado conturbado, o Staffordshire Bull Terrier é um cão musculoso, porém ágil, mantém os traços de coragem e tenacidade. Felizmente, a boa criação transformou esse ex-gladiador em um companheiro brincalhão e amigo, com um cuidado especial com as crianças.

Staffordshire Bull Terrier

Nosso site não tem apoio financeiro e dependemos de você para poder continuar. Ajude compartilhando esse artigo em suas redes sociais.

Cachorro Staffordshire Bull Terrier

Medindo de 35 a 40 cm, o Staffordshire Bull Terrier não é considerado uma raça de cachorro grande. Mas, pesando entre 11 a 17 Kg, podem ser uma raça de cachorro pesado. Estes são cães terriês fortes e musculosos. A cabeça é curta e larga, com músculos pronunciados nas mandíbulas, e a pelagem em várias cores.

Também conhecidos como Staffie ou American Bully eles ainda se assemelham aos cães de rinha que no passado participavam de combates na antiga Inglaterra. Mas os criadores de hoje são mais responsáveis e estão produzindo cães de natureza dócil e orientados para a família, com reputação de serem bons cães para crianças.

Os cães da raça Staffordshire Bull Terrier são companheiros leais de verdade, mas o velho instinto de luta ainda se esconde. Assim é vital que os filhotes de Staffie sejam socializados com outros cães para aprender boas maneiras caninas.

Conteúdo:

  1. História da raça
  2. Personalidade
  3. Alimentação

História da raça

O Staffordshire Bull Terrier compartilha um ancestral comum – o Bulldog – com o American Staffordshire Terrier, o American Pit Bull Terrier e o Bull Terrier . Foi criado no início do século XIX para ser o menor e mais rápido cão no ringue de luta, mas sendo gentil e amigável com as pessoas. Provavelmente foi desenvolvido cruzando o Bulldog com um ancestral do Manchester Terrier. O cruzamento acabou evoluindo para o Staffordshire Bull Terrier que temos hoje.

O primeiro Staffordshire Bull Terrier Club foi formado na Inglaterra em 1835, e um padrão de raça foi escrito logo depois.

Nos Estados Unidos, o Staffordshire Bull Terrier geralmente gozava a vida como cachorro de família, e somente em 1975 a raça foi reconhecida pelo American Kennel Club. O Staffordshire Bull Terrier Club of America foi fundado em 1974.

Hoje, o Staffie ocupa o 85º lugar entre as 157 raças e variedades reconhecidas pelo AKC. São cães excelentes que realmente incorporam a descrição “melhor amigo do homem”.

Personalidade

Embora existam diferenças individuais na personalidade, há algumas coisas que você pode esperar encontrar na personalidade de todos os Staffords. Eles são fortes, corajosos, tenazes, teimosos, curiosos, amantes das pessoas e gostam de conforto, protetores, inteligentes, ativos, rápidos e ágeis, e possuem uma mordida forte.

Eles são cães extremamente “orais” e precisam de brinquedos para manter suas mandíbulas ocupadas. Staffords adoram brincar de cabo-de-guerra e lutas, mas VOCÊ deve definir as regras e VOCÊ deve ser o chefe. Esta não é uma tarefa difícil se você começar treinar seu Stafford quando ele ainda é um filhote.

A maioria dos adultos Staffords, principalmente as fêmeas, são excelentes cães de guarda; mas em geral eles protegem mais as pessoas e não as propriedades. Sua aparência alerta e ligada aos músculos é tão impressionante que eles não se parecem menores do que a maioria dos American Pit Bull Terriers.

Eles parecem bravos e podem afastar os ladrões só por sua aparência, mas, devido ao seu apego natural pelas pessoas, a maioria dos Staffords é uma raça inadequada serem cães de guarda ou de ataque. Como acontece com outros membros da família Bull and Terrier, eles são os maiores amantes de pessoas do mundo!

Um Staffordshire Bull Terrier deseja, mais do que qualquer outra coisa, estar com seu dono. A maioria gosta de andar de carro, fazer caminhadas e correr, curtir a praia e se aconchegar e se acomodar ao seu lado em uma noite de TV no sofá.

Qualquer que seja a atividade, desde o momento em que acorda pela manhã até a noite, um Stafford vive a vida ao máximo.

Temperamento com crianças

O Stafford é conhecido pelo apelido carinhoso, “Cão babá das crianças” . Sua tolerância e carinho pelas crianças são bem conhecidas. No entanto, isso não significa que seja uma boa ideia deixar um filhote com uma criança sem a supervisão de um adulto.

As crianças devem aprender a respeitar o cão e também não devem abusar muito. Alguns Staffords – até os machos – têm um “instinto maternal” e se apegam aos pequenos, sejam eles filhotes ou crianças. Um Stafford, não pensa duas vezes em reagir rápido à qualquer dor ou ao desconforto, mas concederá privilégios a uma criança pequena, se escondendo ou fugindo quando a brincadeira não estiver agradando.

Staffordshire Bull Terrier em apartamento

Um cão Staffordshire Bull Terrier pode morar com você em qualquer lugar; eles são felizes enquanto estiverem com você.

Eles são um raça de cão atlético, no entanto, e precisam de mais exercício do que a maioria dos cães. Cheios de energia, eles precisam de exercícios intensos todos os dias! Uma caminhada longa e rápida na coleira dará a você e seu cão um treino agradável.

Os Staffordshire Bull Terrier adoram a liberdade de sair para correr, caminhar ou brincar. Obviamente, é uma boa ideia levar seu cão para passear em locais próprios com segurança.

Staffordshire Bull Terrier late muito?

Em geral, não são latidos irracionais e persistentes. Eles podem latir ou “conversar” durante uma brincadeira (você ficará surpreso com a variedade de ruídos, gemidos, grunhidos, que eles fazem…) Ou para alertá-lo sobre um visitante ou para pedir comida ou para sair.

Staffordshire Bull Terrier com gatos

Enquanto alguns cães podem viver pacificamente com outros animais, outros não. Filhotes criados junto com gatos e outros cães geralmente se dão bem.

Agora, se você levar um Staffordshire Bull Terrier adulto para sua casa, primeiro apresente os cães fora de casa em uma área neutra. Deve ser mais fácil levar um Stafford para sua casa do que levar um cachorro estranho para a casa de um Stafford. Os encontros devem ser supervisionados e os cães observados para determinar como a hierarquia entre eles se desenvolve.

Conteúdo:

  1. Alimentação
  2. Higiene e cuidados com o pelo
  3. Atividade física
  4. Treinamento e adestramento
  5. Cuidados com a saúde

Alimentação

O Staffordshire Bull Terrier se da bem com alimentos  e ração para cães de alta qualidade , fabricados comercialmente ou preparados em casa com a devida atenção aos alimentos que o cão não pode comer.

Qualquer alimentação deve ser adequada à idade do cão (filhote, adulto ou sênior). Alguns cães tendem a ficar acima do peso , então observe o consumo de calorias e o peso do seu cão.

Dar petiscos pode ser uma ajuda importante no treinamento, mas dar muitos pode causar obesidade. Aprenda sobre quais alimentos humanos são seguros para cães e quais não são. Consulte o seu veterinário se tiver alguma dúvida sobre o peso ou a dieta do seu cão. Água limpa e fresca devem estar disponíveis o tempo todo.

Higiene e cuidados com o pelo

Não é preciso muito trabalho para manter um Staffordshire Bull Terrier bonito. Banhos ocasionais e escovação semanal com uma escova de crina de cavalo ou uma luva para remover os pelos mortos o manterão em boas condições.

Suas unhas devem ser cortadas pelo menos mensalmente. Evite deixá-las crescer por muito tempo, pois unhas muito longas podem ser bastante dolorosas para ele.

Limpe os ouvidos regularmente para remover o excesso de cera e detritos, o que pode causar uma infecção no ouvido. Banhos no pet shop são melhores opções para manter seu cão limpo sem danificar a orelha interna. Há no mercado produtos especiais para limpeza das orelhas do seu cão.

Atividade física

É uma raça que exige exercícios regulares para manter-se mental e fisicamente saudável. Esse exercício pode ser com uma bola jogada pelo quintal, correr ao lado do dono de bicicleta ou ou apenas uma caminhada longa e agradável pela rua.

Embora um Stafford em boas condições físicas possa acompanhar um dono atlético, geralmente ele descansa quando volta a casa após uma boa sessão de exercícios. Além disso a raça pode ser intolerante ao calor e nunca deve ser exposta a clima quente ou úmido.

Treinamento e adestramento

O Stafford é inteligente, aprende com facilidade, responde rapidamente aos comandos, é calmo e protetor e pode ser um companheiro amoroso e divertido.

Eles gostam muito de agradar e atendem facilmente aos comandos de seus donos. No entanto, lembre-se de que eles foram criados originalmente para combater outros cães, e a maioria manteve um forte instinto de ataque. Eles devem ser treinados para controlarseu temperamento e se tornar um animal de estimação perfeito.

É imperativo que, desde o início, um filhote de Stafford tenha um treinamento claro e consistente. Eles não devem apenas aprender as regras, mas também aceitar que devem sempre obedecer.

Cuidados com a saúde

Os donos devem ficar atentos aos cuidados com a saúde do seu cão, tais como cotovelo e displasia da anca, luxação e anomalias oculares incluindo cataratas juvenis hereditárias, vítreo primário hiperplásico persistente, e posterior catarata subcapsular polares .

Os Staffordshire Bull Terrier podem desenvolver várias formas de alergias de pele, algumas das quais podem ser genéticas. O teste de DNA para L-2-HGA, uma condição metabólica, permite que os criadores identifiquem portadores e evitem produzir filhotes afetados. Seja um proprietário informado e discuta quaisquer dúvidas ou preocupações da saúde do seu cão com o criador e o veterinário.

Aprenda a adestrar o seu cão Passo a Passo
O seu cachorro está impossível e você não sabe mais o que fazer? Neste guia você irá aprender como adestrá-lo resolvendo os seus principais problemas de comportamento.

Padrão da raça

Staffordshire Bull Terrier
Staffordshire Bull Terrier – padrão da raça

1- Cabeça

Crânio curto, profundo, largo , músculos da face muito pronunciados, batente distinto, face curta, nariz preto. O nariz rosa deve ser considerado uma falha grave.

Olhos – preferencialmente escuros, mas podem ter alguma relação com a cor do pelo. Redondos, de tamanho médio e definido para olhar para a frente. Os olhos claros ou as bordas rosadas dos olhos são considerados uma falha, exceto que, quando a pelagem ao redor do olho é branca, a borda do olho pode ser rosa.

Orelhas – rosa ou meio picadas e não grandes. Orelha totalmente caída ou picada deve ser considerada uma falha grave.

2- Corpo

O pescoço é musculoso, bastante curto, de contorno limpo e ampliando-se gradualmente em direção aos ombros. O corpo deve estar bem acoplado, com uma linha superior nivelada , frente larga, peito profundo e costelas bem arqueadas, sendo bastante leves nos lombos.

A cauda é desencaixada, de comprimento médio, inserção baixa, afilando-se a um ponto e portando-se bastante baixa. Não deve enrolar muito e pode ser comparado a uma alça. Uma cauda muito longa ou muito enrolada é uma falha.

3- Anteriores 

Pernas retas e bem afastadas, sem folga nos ombros e sem fraqueza nos metacarpos, a partir dos quais os pés ficam um pouco mais fracos. As patas devem estar bem acolchoadas, fortes e de tamanho médio.

4- Pelo

Liso, curto e próximo da pele, não deve ser aparado ou cortado.

5- Traseira

Os quartos traseiros devem ser bem musculosos, os jarretes descidos com joelhos bem dobrados. As pernas devem ficar paralelas quando vistas por trás. Ergôs (quinto dedo), se houver, nas patas traseiras são geralmente removidos. Patas como as dianteiras.

 

Nosso site não tem apoio financeiro e dependemos de você para poder continuar. Ajude compartilhando esse artigo em suas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *