Como saber se o cachorro está com verme?

Os principais sintomas de verme em cachorro

Sintomas de verme em cachorro

Nosso site não tem apoio financeiro e dependemos de você para poder continuar. Ajude compartilhando esse artigo em suas redes sociais.

Sintomas de verme em cachorro

Existem cinco tipos principais de vermes que afetam o cachorro  : lombrigas, tênias, ancilostomídeos, vermes de chicote e verme do coração, assim saber quais os sintomas quando seu cachorro está com verme pode ajudar a evitar infectar outros animais e também os humanos da casa. Leia mais para saber quais os tipos de vermes de cachorro e seus sintomas.

Conteúdo:

Quais os vermes de cachorro?

São  5 tipos de vermes que seu cão pode contrair.

Lombrigas

Lombrigas são alguns dos vermes intestinais mais comuns nos cachorros. Existem dois tipos de lombrigas em cães: Toxocara canis (T. canis) e Toxascaris leonina . T. canis é mais comum em filhotes e também pode ser transmitido aos seres humanos.

Muitos filhotes nascem com lombrigas que herdam da mãe. Portanto, é vital que os filhotes recém-nascidos recebam cuidados veterinários . Lombrigas são diagnosticadas por uma amostra fecal e são tratadas com medicamentos para desparasitação. Se não tratada, as lombrigas podem atrasa o crescimento do filhote e até a morte em casos graves.

Tênia

Sintomas de verme em cachorro
Tênia nas fezes

As tênias são um tipo de parasita intestinal que os cães adquirem comendo pulgas infectadas ou consumindo carne de animais selvagens infestados de tênias ou pulgas. Uma vez que o cão come a pulga, o ovo da tênia choca e se liga ao revestimento intestinal do cão. Dipylidium caninum é o tipo mais comum de tênia encontrada em cães . Pode ser transmitida das pulgas para os cães, assim é mais um motivo para levar a sério a prevenção de pulgas .

Cães infectados podem evacuar pedaços de vermes junto com as fezes. Estes podem ser visíveis e lembram pequenos pedaços de arroz. Às vezes, os cães afetados podem esfregar a bunda no chão. Se você observar sinais nas fezes do seu cão ou notar que ele está se arrastando pelo chão, leve uma amostra de fezes ao seu veterinário para exame.

Se o seu veterinário encontrar ovos ou segmentos de tênia, seu cão receberá um tratamento para eliminar as tênias. Um medicamento é administrado por via oral ou uma injeção. O tratamento também envolve se livrar das pulgas do seu cão e da sua casa.

Ancilostomídeos

Os ancilostomídeos são parasitas intestinais que causam anemia nos cães e podem ser fatais em filhotes se não forem tratados. Vários tipos diferentes de ancilóstomos podem afetar os cães. Eles são muito pequenos (cerca de 0,3 cm), mas sugam grandes quantidades de sangue quando se ligam à parede intestinal do cão.

Seu cão pode pegar ancilostomídeos ingerindo as larvas de ancilostomíneo do ambiente ou, no caso de Ancylostoma caninum , as larvas infectantes podem passar do leite de uma cadela para seus filhotes. Cães infectados podem passar centenas de ovos microscópicos em suas fezes, onde eclodem e podem permanecer vivos no solo por vários meses. Um cão pode algo infectado no chão ou quando lambe o fundo de suas patas ou cheira fezes de cães infectadas. Os seres humanos também podem ser infectados com ancilóstomos.

Os ancilostomídeos são diagnosticados com um exame microscópico de uma amostra de fezes chamada flotação fecal, quando as fezes são misturadas com uma solução, faz com que os ovos das ancilostomíase flutuem. Os cães são tratados com medicamentos para desparasitação, geralmente administrados duas vezes – Primeiro para capturar os vermes adultos e depois de duas a quatro semanas para capturar os recém-desenvolvidos.

Verme chicote

O verme chicote é um tipo de verme de cachorro que vive no ceco (início do intestino grosso) e no cólon do animal, onde passam seus ovos para as fezes do cão. Os cães são infectados pela ingestão de alguma substância infestada, que pode ser terra, comida, água, fezes ou carne animal.

Os ovos podem sobreviver por até cinco anos em ambientes quentes e úmidos, que é uma das razões pelas quais a limpeza do animal é tão importante.

O verme chicote nem sempre causam sintomas em casos leves. Mas em casos graves, eles podem causar inflamação, perda de peso, diarreia e, ocasionalmente, anemia . Seu veterinário pode diagnosticar seu cão em busca de vermes com uma amostra fecal e prescreverá um tratamento adequado às necessidades do seu cão. Geralmente são necessários três tratamentos mensais. Os ovos de verme chicote não são tão fáceis de encontrar em todas as amostras fecais e os resultados negativos são comuns; é por isso que é recomendável repetir os exames de fezes se o seu cão apresentar sinais de sangue nas fezes.

Verme do coração

De todos os tipos de vermes de cachorro, o mais preocupante e o mais difícil de evitar, são os vermes do coração . Os mosquitos transmitem o parasita e, como evitar mosquitos é quase impossível na maioria dos lugares, os veterinários recomendam medicamentos preventivos regulares de dirofilariose para manter seu cão seguro. Os vermes do coração crescem e se multiplicam dentro do coração do animal, causando doenças pulmonares graves, insuficiência cardíaca, danos a outros órgãos e, finalmente, levando à morte se não forem tratados.

A prevenção é a melhor maneira de evitar que seu cachorro pegue verme do coração. O tratamento é demorado, caro e pode ter efeitos colaterais graves. Para piorar a situação, o tratamento de dirofilariose em cães geralmente requer confinamento e restrições de exercício. Isso pode ser difícil para os cães e para os donos. O teste regular é recomendado porque os preventivos de dirofilariose não matam dirofilariose adultos. Eles podem até ser prejudiciais para um cão que já está infectado.

Sintoma de cachorro com verme

Sintomas de verme em cachorro

Embora cada parasita afete os cães de maneira diferente, existem alguns sintomas de verme em cachorro que os donos devem conhecer. Os vermes intestinais podem causar:

  • Diarreia
  • Dor abdominal
  • Perda de peso
  • Vômito
  • Perda de pelo
  • Barriga inchada
  • Letargia
  • Desidratação
  • Deficiências nutricional e anemia
  • Bloqueio intestinal ou pneumonia
  • Sangue nas fezes (vermelho vivo ou marrom escuro)

Os vermes cardíacos também podem causar sintomas respiratórios, como tosse, dificuldade de movimentação, pulso fraco, perda de peso, distensão abdominal e, em casos extremos, respiração difícil, gengivas pálidas e morte.

Conclusão:

Os proprietários devem estar cientes dos sintomas que indicam que seu cachorro pode ter vermes.
Tratar os vermes imediatamente reduz os riscos à saúde do seu cão, bem como o risco de propagação dos vermes a outros animais e pessoas.
Tratamentos preventivos, como controle de pulgas e limpeza de fezes dos cães podem ajudar a evitar problemas sérios.

Fontes:

https://www.akc.org/expert-advice/health/worms-in-dogs-prevention-diagnosis-treatment/

 

LEIA TAMBÉM:

Aprenda a adestrar o seu cão Passo a Passo
O seu cachorro está impossível e você não sabe mais o que fazer? Neste guia você irá aprender como adestrá-lo resolvendo os seus principais problemas de comportamento.

Nosso site não tem apoio financeiro e dependemos de você para poder continuar. Ajude compartilhando esse artigo em suas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *