Piolho de Cachorro

O piolho de cachorro ou piolho canino é diferente da pulga, não tem asas mas pode infectar todos os animais da casa. Você pode identificar o piolho a olho nu, fazendo uma verificação no pelo do animal. Os remédios são inseticidas vendidos nos pets shops. Piolho de cachorro NÃO pega em gente

Piolho de Cachorro

Nosso site não tem apoio financeiro e dependemos de você para poder continuar. Ajude compartilhando esse artigo em suas redes sociais.

O que é piolho de cachorro?

Os piolhos caninos ou piolho de cachorro, são insetos pequenos, achatados, sem asas e de seis patas que vivem nos pelos e nas penas de mamíferos e pássaros.

Eles tem garras fortes, semelhantes a ganchos, no final de cada perna que permitem que eles se pendurem nos fios do pelo do animal.

Suas garras são feitas sob medida para o tamanho específico da haste do pelo ou das penas do hospedeiro, e é por isso que os piolhos são específicos da espécie canina. Eles sobrevivem comendo restos de pele, secreções sebáceas ou sangue do animal hospedeiro.

Existem dois tipos de piolhos de cachorro

Os piolhos mordedores ou mastigadores sobrevivem comendo restos de pele e secreções superficiais e são caracterizados por uma cabeça achatada e rombuda.

Existem duas espécies de piolhos mastigadores que afetam os cães e canídeos selvagens – Trichodectes canis e Heterodoxus spiniger. T. canis . Eles são encontradoa em todo o mundo e normalmente vive em um hospedeiro por 30 dias.

piolho de cachorro - tipos
Piolho de cachorro – tipos

Os piolhos sugadores precisam de sangue para sobreviver. A espécie de piolho sugador que afeta os cães é chamada Linognathus setosus . Ao contrário dos piolhos mastigadores, estes têm uma boca pontiaguda. Eles são comuns em áreas tropicais e subtropicais da América do Norte e do Sul, África, Índia e Ásia.

Como saber se seu cachorro está com piolho?

Como saber se seu cachorro está com piolho
Como saber se seu cachorro está com piolho

 

Você pode ver o próprio parasita a olho nu, separando o pelo do cachorro e examinando a haste dos pelos. Os piolhos adultos são grandes o suficiente para serem visíveis, aproximadamente do tamanho de uma semente de gergelim – cerca de 2 a 4 milímetros – e são de cor amarela a castanha ou marrom médio. Eles são distinguíveis das pulgas, que são muito escuras, quase pretas.

Os piolhos mastigadores se movem mais do que os sugadores, que, como os carrapatos , cravam suas garras na pele. Se você suspeitar de uma infestação de piolhos de cachorro, examine a área com um pente para pulgas e examine o pelo do animal.

Os piolhos, especialmente os ovos ou lêndeas, às vezes são confundidos com caspa, e uma maneira de distinguir os piolhos da caspa é sacudindo o pelo que foi retirado do cachorro. Se os pequenos flocos caírem, é caspa. Se eles se agarram ao pelo, provavelmente são piolhos. Outros sinais de infestação de piolhos no seu cachorro são:

  • Coceira intensa.
  • Pelagem áspera, seca ou emaranhada.
  • Perda de pelos, especificamente ao redor das orelhas, pescoço, ombros, virilha e regiões retais.
  • Pequenos ferimentos ou infecções bacterianas causadas pelas picadas dos piolhos.
  • Comportamento inquieto.
  • Anemia em casos extremos, ou em raças de cães pequenos.
  • Tênias e outras bactérias ou parasitas que são transmitidos por piolhos.

Como cachorro pega piolho?

Os piolhos têm mobilidade limitada; eles podem rastejar, mas não conseguem pular, saltar ou voar. Além disso, os piolhos adultos morrem em poucos dias se caírem do hospedeiro. A transmissão geralmente ocorre por meio do contato direto com outro animal infestado, embora eles também possam ser transmitidos por camas contaminadas, coleiras de cachorro ou materiais de limpeza. Os piolhos podem ser uma ameaça onde quer que os cães se reúnam, como hotéis, canis e parques.

Existem três estágios no ciclo de vida do piolho:

  • Ovo
  • Ninfa ou lêndea
  • Adulto

O ciclo começa quando a fêmea deposita pequenos ovos amarelos ou brancos na base da haste do pelo do animal. Esses ovos ficam colados no pelo e não caem mesmo quando o cão é lavado.

A eclosão dos ovos leva cerca de uma semana, liberando os piolhos imaturos, conhecidos como ninfas, que não são maiores do que a cabeça de um alfinete. Após cerca de uma semana, entram na fase adulta, reiniciando o ciclo. O Merck Veterinary Manual diz que leva cerca de 3 a 4 semanas para a maioria dos piolhos passar de lêndea a adulto com capacidade reprodutiva.

O que fazer para acabar com os piolhos do cachorro?

Os comprimidos para pulgas e carrapatos tornaram raras as infestações de piolhos nos cães estimação bem cuidados. Hoje, os piolhos só são encontrados principalmente em animais velhos, doentes, vadios, de rua ou selvagens.

Para começar, o tratamento de infestações graves envolve cortar o pelo emaranhado do cão porque os piolhos e os ovos provavelmente ficarão presos a esses pelos e são mais difíceis de desalojar.

Você também pode usar pentes contra pulgas para remover piolhos vivos e mortos do pelo do animal. (Depois de usar, lave o pente por pelo menos 10 minutos em água misturada com um xampu para pulgas ou outro inseticida.) No entanto, passar o pente para pulgas não mata os ovos que estão no cachorro nem impede que eclodam .

Remédio para piolho de cachorro

Muitos inseticidas são vendidos nas pet shops para piolho de cachorro. De acordo com o Companion Animal Parasite Council , o fipronil, o imidaclopride e a selamectina são todos eficazes. A permetrina tópica pode ser usada em cães com bons resultados.

O Dr. Jerry Klein, veterinário chefe do AKC, adverte que é importante ter cuidado ao usar alguns desses produtos se você possui cães e gatos, porque eles são tóxicos para os gatos. “E sempre pergunte ao seu veterinário quais produtos são seguros para seu cão, com base em sua saúde, raça e idade”, diz ele.

Os tratamentos com inseticidas administrados topicamente ou em forma de xampus matam as lendeas e piolhos adultos, mas não matam os ovos, portanto, qualquer tratamento deverá ser repetido em intervalos regulares por um mês ou mais.

Todos os cães da casa devem ser tratados. Mantenha o cão infestado e sua cama longe de outros animais por pelo menos quatro semanas após o tratamento.

Além ,disso lave todas as roupas de cama, agasalhos, coleiras e guias em água quente e limpe completamente todas as áreas onde os cães passam mais tempo para evitar uma reinfestação. Alguns veterinários recomendam a substituição dos materiais de higiene porque pode ser difícil remover os ovos, que são pegajosos, dos pentes e das escovas.

Os piolhos geralmente atacam os cães com saúde abalada ou precária ou que vivem locais sujos. Melhorar a vida do cão com uma melhor alimentação, higiene e local para dormir, ajudará muito na prevenção de futuras infestações de piolhos.

Piolho de cachorro pega em gente?

A boa notícia é que piolho de cachorro não pega em gente, nem seu cão pode pegar piolho de você. Os piolhos que atacam os cães e os que infestam os humanos são de espécies específicas e distintas; o piolho que vive do sangue de seu cão não mudará suas preferências gastronômicas se pousarem em você, ou vice-versa.

Conclusão:

Mas há muitas más notícias no que diz respeito ao piolho de cachorro. Da mesma forma que a praga mais comum dos cães, a pulga, uma infestação de piolho, conhecida pelo termo científico pediculose (da palavra latina para piolho, que é “pedículo”), pode causar coceira, dor, inflamação e queda de pelo.

Também pode causar problemas de saúde mais sérios, por isso é importante aprender a reconhecer e erradicar rapidamente os piolhos se o seu animal estiver infestado.

LEIA TAMBÉM:

Nosso site não tem apoio financeiro e dependemos de você para poder continuar. Ajude compartilhando esse artigo em suas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *