Herpes Canina: Tudo que Você Precisa Saber

herpes canina

Nosso site não tem apoio financeiro e dependemos de você para poder continuar. Ajude compartilhando esse artigo em suas redes sociais.

O que é herpes canina?

O vírus do herpes canina pode ser uma doença arrasadora se atingir o seu canil. Os cachorros geralmente ficam expostos ao vírus pelo contato nariz a nariz com um cachorro contaminado ou pelo ar em ambientes lotados.

Os cachorros com maior risco de se contaminar com o vírus são as fêmeas jovens que nunca foram expostas ao vírus e seus filhotes recém-nascidos . Os filhotes podem ser infectados no útero, através do contato  das secreções infectadas da mãe ou através do contato pós-natal a membros mais velhos infectados da sua casa.

Sintomas de herpes canina

Em cachorros com mais de 12 semanas, a doença respiratória leve é ​​o sintoma mais comum. Mas quando se trata de infecções que ocorrem em cadelas grávidas, que não tiveram contato com o vírus, podem causar problemas graves para os filhotes, incluindo morte fetal e aborto.

A infecção em cachorros com menos de 2 a 3 semanas de idade é geralmente fatal. Os sintomas incluem dificuldade para respirar, secreção nasal, falta de amamentação, choro persistente e hemorragia (manchas vermelhas) nas gengivas.

O período entre o início da infecção do filhote e os sintomas é de quatro a seis dias, e acontece de uma hora para outra.

Após o aparecimento dos sinais clínicos, a morte geralmente ocorre em 24 a 36 horas. Alguns filhotes com sinais leves podem sobreviver, mas futuramente podem desenvolver problemas neurológicos graves, como dificuldade para andar e cegueira. Infelizmente, o tratamento em filhotes seriamente infectados não é muito otimista, pois há uma taxa de mortalidade de quase 100%.

Tratamento

O melhor remédio para esse vírus é a prevenção.

Como o vírus é transmitido principalmente pelo ar e pelo contato direto com as secreções nasais de cães infectados, o saneamento do canil é muito importante para a prevenção. Devemos ter uma boa higiene das mãos quando pegar ou tocar a mãe e seus filhotes.

Locais lotados de cães devem ser evitados. Manter o ambiente das mães e filhotes sempre limpo e desinfetados é muito importante. Os desinfetantes comuns podem ajudar a eliminar o vírus do herpes, mas há produtos específicos para higenização, que são bactericidas.

Nas últimas três semanas de gestação, as fêmeas grávidas devem ser afastadas dos outros cachorros da família/canil. A mãe e os filhotes também devem ficar separados nas primeiras três semanas após o nascimento. Isso evita o contato de cachorros que podem ser portadores do vírus, mas não tem sintomas. Criar a ninhada em temperaturas superiores a 35 graus também pode reduzir as chances de contaminação.

Existe vacina para herpes canina?

Uma vacina foi desenvolvida na Europa, mas os efeitos ainda não são conhecidos e a vacina não está liberada pela ANVISA.

Filhotes que estão amamentado de cadelas que foram expostas ao vírus, são resistentes à infecção, pois recebem anticorpos do colostro. Depois que uma cadela perde uma ninhada devido ao vírus do herpes canino, pode-se esperar que as próximas ninhadas nasçam normais.

Com o conhecimento e a prevenção adequados, esse vírus mortal pode ser evitado em seu canil.

Fonte:

https://www.akc.org/expert-advice/health/canine-herpes-virus-information/

Escrito por:

Andrea Menengoy

 

Receba os novos artigos em seu e-mail

LEIA TAMBÉM:

Nosso site não tem apoio financeiro e dependemos de você para poder continuar. Ajude compartilhando esse artigo em suas redes sociais.

Gostou desse artigo? Deixe um comentário

Rolar para o topo
%d blogueiros gostam disto: