10 Frutas que Cachorro pode Comer

10 frutas que cachorro pode comer e os benefícios de alimentar seu cão com frutas.

frutas que cachorro pode comer

Nosso site não tem apoio financeiro e dependemos de você para poder continuar. Ajude compartilhando esse artigo em suas redes sociais.

Quais frutas seu cachorro pode comer?

As frutas são ricas em vitaminas, minerais e antioxidantes, são gostosas e saudáveis não só para os humanos mas também para o seu cachorro, mas quais são as frutas que cachorro pode comer?

De fato, algumas frutas são como superalimentos e ajudam a combater o câncer e outras diversas doenças.

Embora existam muitas frutas que cachorro pode comer, algumas podem ser muito tóxicas e outras apresentam pequenos riscos indesejados. Por exemplo, o cachorro não podem comer abacates e uvas, enquanto os caroços das cerejas e ameixas também podem representar um problema para eles.

Lista de frutas que cachorro pode comer

1- Maçã

As maçãs são uma excelente fonte de vitamina C, fibras, cálcio e fósforo, e eles são uma forma segura de satisfazer os cães gulosos . A fruta também é relativamente baixa em calorias, e muitos cães adoram o sabor e a crocância da maçã. Mastigar uma maçã também pode ajudar a limpar os dentes do seu cão, mas não deve substituir o atendimento odontológico.

Para dar uma maçã para seu cão, é melhor cortá-la em fatias ou pedaços, para facilitar a mastigação. Evite dar ao seu cão as sementes, pois elas contêm cianeto, uma substância tóxica.

Você também deve retirar o miolo, incluindo o caule, principalmente para os filhotes, pois representa um risco de asfixia. Além disso, se seu cachorro comer muitas maçãs pode causar dores de barriga e diarréia , por isso é melhor oferecer com moderação.

2- Banana

As bananas são frutas práticas e um alimento saudável para seu cão. São ricas em potássio, essencial para a saúde do coração e dos rins do cachorro.

As bananas são ricas em potássio, vitamina B6 e vitamina C. De fato, às vezes os veterinários recomendam essa fruta como uma alternativa saudável aos doces salgados e gordurosos. A fruta também é rica em fibras, o que pode ajudar se o seu cão estiver com problemas gastrointestinais e o magnésio, que promove o crescimento ósseo e ajuda o corpo a produzir proteínas e absorver vitaminas. No entanto, como em qualquer alimento, você só deve oferecer bananas ao seu cão com moderação, especialmente porque elas contêm muito açúcar.. Então se o seu cão ganha peso facilmente ou é obeso ou diabético,  dê bananas apenas de vez em quando.

Cachorro pode comer casca de banana?

Desconfie das cascas. Embora as cascas não sejam tóxicas para os cães, elas são difíceis de digerir e podem causar um bloqueio intestinal. Mesmo sem a casca, alimentar seu filhote com muitas bananas pode causar dores de estômago. Se você tiver alguma dúvida sobre quanto de banana pode dar ao seu cão, consulte seu veterinário.

3- Coco

A carne do coco é rica em ácido láurico, um ácido graxo de cadeia média. Em termos menos científicos, isso significa basicamente que o corpo é capaz de absorver as moléculas inteiras, usando-as como fonte direta de energia.

O ácido láurico é principalmente bom para combater os vírus, como a gripe . Também ajuda a tratar infecções fúngicas, como micose e Giardia . Ele também possui algumas das principais propriedades anti-inflamatórias. Pois reduziu bastante o inchaço em ratos durante estudos laboratoriais. A redução da inflamação ajuda a acelerar a cicatrização de cortes, pontos e outras feridas. A inflamação também é a principal causa de artrite, portanto, dar coco ao seu cão pode fazer com que reduza as dores nas articulações , à medida que a inflamação diminui.

Além disso, o coco é rico em antioxidantes que fortalecem o sistema imunológico. Também ajuda o corpo a dar uma resposta rápida aos micróbios estranhos. Isso significa que o coco aumenta a defesa natural contra bactérias, vírus, parasitas e fungos . Embora o consumo de coco não tenha sido comprovado para a cura de nenhuma doença, há estudos que confirmam suas propriedades antivirais. Junto com sua capacidade de reduzir a inflamação, o coco é uma ótima fruta para cachorro doente ou que está se recuperando de uma cirurgia.

Mas retire a casca antes de dar coco ao seu cão, pois ela pode se alojar no esôfago e causar irritação intestinal e possível bloqueio.

4 – Pêssego

Os pêssegos são uma ótima fonte de vitamina A e fibras. Em pedaços pequenos e cortados, a carne do pêssego é segura para o seu cão. Mas, como qualquer alimento que não faz parte regular de sua dieta, os pêssegos podem causar algum desconforto estomacal, como uma diarreia temporária.

Mas não dê pêssegos em conserva para seu cachorro. Pois eles contêm grandes quantidades de açúcar e também podem ter conservantes ou adoçantes artificiais que podem afetar seriamente o sistema digestivo do seu cão.

O maior perigo é o caroço do pêssego. Pois o caroço do pêssego contêm um composto de cianeto de açúcar chamado amigdalina. Embora um cão tenha que comer vários caroços de pêssego para ser afetado, não vale a pena arriscar . Existem alguns outros perigos no caroço. Se o seu cão tentar comê-lo inteiro, ele pode ficar alojado na garganta. E, como o caroço tem uma superfície áspera e serrilhada, então pode ser abrasiva e irritar o intestino delgado do animal.

5- Amora

Certamente as amoras são seguras para os cães e um ótimo alimento natural. A cor escura da amora indica que elas são ricas em antioxidantes, juntamente com as vitaminas A e C. Isso contribui para fortalecer o sistema imunológico melhorar a pele do animal.

Mas, cuidado para não dar muita amora para seu cachorro, pois isso poderá causar diarreia no cão.

6 – Melão

O melão é uma excelente fonte de fibra alimentar, vitamina B6, niacina, folato, vitamina A, vitamina C e potássio. Também é baixo em calorias e tem alto teor de água, tornando-o uma maneira saborosa de reidratar sem engordar.

As vitaminas A e C tem muitos benefícios para à saúde dos cães, principalmente dos antioxidantes. Os antioxidantes desempenham um papel crucial na captura de radicais livres, o que diminui o envelhecimento celular, promove a função celular saudável e pode ajudar a reduzir o risco de certas doenças. O alto teor de água e fibras do melão também melhora a digestão e evita a constipação e desidratação.

Existem alguns riscos de dar melão para cães. Cascas de melão , como cascas da melancia , podem causar distúrbios gastrointestinais algum impacto no trato digestivo do seu cão. As cascas que são duras e fibrosas também são um risco de asfixia.

Como qualquer outra fruta, o melão deve ser oferecido com moderação. Dar ao seu cão muitas guloseimas, além da ração, podem levar à obesidade canina. Esta fruta também é rica em açúcar e pode não ser uma boa opção para cães diabéticos. Se você tiver dúvidas sobre dar melão para seu cão, consulte o veterinário.

7 – Kiwi

Mais rico em vitamina C do que uma laranja e com mais potássio do que uma banana, o kiwi é uma fruta doce que é gostosa tem uma abundância de benefícios nutritivos para o cachorro. Se você está comendo um kiwi, é bom compartilhar com seu cão. Basta saber de algumas precauções antes de dar Kiwi para seu cachorro.

Cachorro pode comer Kiwi

Já que o Kiwi é uma fruta pequena, então você nunca oferecer um kiwi inteiro. Embora as raças menores, como o Havanese , não consigam colocar um kiwi inteiro na boca, uma raça maior, como o Golden Retriever , pode devorá-lo com apenas uma mordida. Se isso acontecer, a fruta pode ficar alojada na garganta do seu cão e bloquear as vias aéreas. Para evitar uma situação perigosa, corte o kiwi em pequenos pedaços ou fatias e dê um pouco de cada vez.

8 – Morango

Os morangos são frutas saudáveis, de baixa caloria e doces para o seu cão, além disso é rica em antioxidantes, fibras e vitamina C. O morango tem vários beneficios para a saúde do seu animal. Por exemplo, ajuda a retardar o processo de envelhecimento, fortalece o sistema imunológico e regula o controle do peso. Os morangos também podem ajudar a clarear os dentes do seu filhote.

A maneira mais segura de dar morango para seu cachorro é lavá-los bem e depois cortá-los em pedaços pequenos para evitar engasgos e facilitar a digestão. Se você tem um cachorro pequeno, pode esmagar os morangos e fazer um purê e misturar com a ração. Você também pode congelar o morango e cortar em pedaços para refrescar seu cão no verão. 

9 – Manga

A manga é rica em fibras, além de vitamina A, B6, C e E, assim é uma fruta bastante nutritiva não só para humanos mas também para os cães. Além disso é uma fruta muito doce, então seu cão provavelmente vai adorar. Quando madura, a fruta é macia, mas você ainda deve cortá-la em pedaços pequenos para evitar um risco de asfixia.

Antes de alimentar seu cão com manga, é bom remover a casca. Não há nada de errado os cães comerem a casca, mas a digestão pode ser mais difícil, então melhor remover. Além disso, o caroço pode causar asfixia ou ficar preso no trato digestivo do animal, principalmente no caso de filhotes. Dessa forma, também é melhor ficar atento e não deixar eles se aproximarem da fruteira.. O caroço da manga também contém pequenas quantidades de cianeto.

Mesmo se o seu cachorro engolir um caroço de manga, há uma chance de que ele possa passar pelo corpo dele sem dificuldade. Mas se você notar alguma mudança nos hábitos alimentares dele, então entre em contato com o veterinário imediatamente.

Por fim, você deve tomar cuidado para não dar muita manga ao seu cão. Muita fruta ou vegetal pode causar dores de barriga e diarréia . Se você tiver dúvidas ou preocupações sobre como alimentar a manga do seu cão, consulte um veterinário.

10 – Abacaxi

O abacaxi é uma fruta favorita de muitas pessoas. É azedo, doce e picante, ao mesmo tempo. Sua origem tropical sempre nos fazem lembrar de climas mais quentes. Com moderação, também pode ser uma boa fruta que o cachorro pode comer.

O abacaxi maduro e cru contém muita vitamina C, juntamente com tiamina, riboflavina, niacina, vitamina B6 e folato. O abacaxi também é rico em minerais, incluindo manganês, cobre, potássio, magnésio, ferro e pequenas quantidades de cálcio, fósforo e zinco. Isso o torna uma fruta rica em nutrientes não só para humanos mas também para os cães. Sem dúvida esses nutrientes desempenham um papel importante no sistema imunológico e na saúde digestiva do seu cão.

Todas essas vitaminas e minerais fazem com que o abacaxi pareça uma fruta maravilhosa para os cães, mas há algumas outras coisas a considerar antes de alimentar seu cão com abacaxi . O abacaxi é rico em fibras e contém uma quantidade significativa de açúcar natural. Isso significa que, embora o abacaxi seja uma fruta perfeitamente saudável em pequenas quantidades, ela pode ter efeitos adversos no sistema digestivo do seu cão se for consumido em grandes quantidades.

Assim, fique de olho no seu cão quando você o alimentar com abacaxi. Se ele tiver diarreia ou mostrar sinais de dor de estômago, o abacaxi pode não ser a fruta ideal para ele. O miolo duro do abacaxi pode causar obstruções, assim como a sua casca espinhosa, de modo dê apenas a carne do abacaxi para a segurança do seu cão.

Conclusão:

Ao introduzir algo novo, especialmente comida humana na alimentação do seu cão, comece gradualmente para ver como ele reage.

Alguns cães simplesmente não toleram outros alimentos além da sua ração preferida.

Realmente, os cães evoluíram muito a ponto de comer vários alimentos que os humanos consomem, mas nem todos podem digerir todas as frutas que comemos.

Fontes:

https://www.akc.org

Nosso site não tem apoio financeiro e dependemos de você para poder continuar. Ajude compartilhando esse artigo em suas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *