Como Fazer Cachorro Vomitar?

Seu cachorro comeu algo perigoso ou venenoso e você precisa fazer ele vomitar urgente para salvar sua vida.

Como Fazer Cachorro Vomitar

Como fazer meu cachorro vomitar?

Todos nós já passamos por isso, o cão come algo que não deveria, por exemplo um remédio humano, o de outro cachorro ou uma guloseima saborosa, como chocolate ou passas ou até abacate, e nosso primeiro pensamento é: “como fazer meu cachorro vomitar?”

O vômito é uma maneira rápida de remover algo que o cão comeu, como um veneno. Saber como fazer um cachorro vomitar com segurança, entretanto, é importante. Abaixo está o que você precisa saber antes de induzir seu cão a vomitar.

Quando fazer (ou não) o cachorro vomitar

Se um cachorro comer algo nocivo que não deveria, é possível que ele vomite sozinho. Quando isso não acontece, fazer seu cachorro vomitar algo que comeu pode parecer uma boa ideia. Mas a realidade é que induzir o vômito é algo que você só deve tentar fazer sob a orientação de um veterinário. Existem razões muito boas para isso.

como fazer cachorro vomitar

Algumas coisas, como pilhas, baterias ou outros materiais cáusticos ou ácidos ou objetos pontiagudos, podem causar danos perigosos e até letais se regurgitados. Objetos engolidos podem causar bloqueios ou perfurações, e o próprio ato de induzir o vômito traz riscos, como pneumonia por aspiração, causada pela inalação de substâncias tóxicas, geralmente é o conteúdo gástrico vai para os pulmões.

Pode ser perigoso induzir vômito em raças braquicefálicas, como Pugs ou Pequinês , pois pode causar pneumonia por aspiração, portanto, verifique primeiro com um veterinário. Não induza o vômito se o seu cão estiver letárgico ou em coma ou se estiver tendo convulsões. Se o seu cão ingeriu algo há mais de duas a seis horas, pode ser tarde demais para fazê-lo vomitar, dependendo do que ele comeu.

A coisa mais certa a fazer é levar o cão ao veterinário imediatamente. No entanto, se você não conseguir chegar lá, pode ter que induzir o vômito em casa. Converse com um veterinário ou, se seu cão engolir algo perigoso quando o consultório do veterinário estiver fechado, ligue para o veterinário ou procure uma clinica de emergência. Ao ligar, forneça informações importantes, como o que ele comeu, quanto e quando; o peso do seu cão e qualquer outro problema de saúde que ele tenha.

Como fazer o cachorro vomitar com água oxigenada

A solução de peróxido de hidrogênio ou água oxigenada a 3 por cento é o recomendado para fazer o cachorro vomitar. Felizmente, é algo que a maioria das casas tem no armário de remédios.

Já que nas farmácias só se encontra água oxigenada a 10%, prepare uma solução a 3% com ajuda de uma seringa. Em meio copo americano de água, misture 3 ml de água oxigenada. Depois siga o passo a passo abaixo.

De acordo com o PetMD , a água oxigenada é um “anti-séptico tópico que é usado por via oral atua como um emético (que provoca vomito) que pode ser usado em casa quando não há condições de levar o cão a um veterinário em tempo hábil”.

A água oxigenada é irritante para o trato intestinal do cão e normalmente atua dentro de 10-15 minutos, fazendo o cão vomitar cerca de 50% do conteúdo do estômago do cão. O vômito pode durar até 45 minutos, então leve seu cão para um local onde seja possível ele vomitar.

Fazer o cão vomitar com água oxigenada é considerado seguro quando administrado por um veterinário. Em casa, porém, você não pode se dar ao luxo de ter a presença do veterinário. Não faça seu cão vomitar se ele apresentar algum dos seguintes sintomas ou doenças:

  • Já está vomitando.
  • Gravemente letárgico.
  • Coma
  • Diminuição da capacidade de engolir.
  • Dificuldade para respirar.
  • Convulsões ou atividade hiperativa.
  • Cirurgia abdominal recente ou megaesôfago (um aumento generalizado do esôfago).
  • Se ele  comeu materiais corrosivos ou objetos pontiagudos ou veneno ou remédios humanos.

Passo a passo para fazer o cachorro vomitar

Primeiro, sempre ligue para o seu veterinário. Mesmo que você queira fazer seu cão vomitar em casa, seu veterinário poderá fornecer as informações mais precisas sobre a situação do seu cão.

Se seu cão não comeu nas últimas duas horas, dar a ele uma pequena refeição pode aumentar a probabilidade de ele vomitar.

Só dê água oxigenada a 3 por cento. Concentrações mais altas são tóxicas e podem causar sérios danos.

Dê a quantidade adequada: a dosagem sugerida é de 1 colher de chá por 2,5 Kg de peso corporal do cão, por via oral, com uma dose máxima de 3 colheres de sopa para cães com peso superior a 20 kg. Mas pergunte ao seu veterinário sobre a melhor dosagem para o seu cão e apenas induza o vômito se o seu cão comeu a substância dentro de 2 horas.

Administre a água oxigenada com uma seringa e esguiche do lado da boca do animal, puxando os lábios para trás e esguichando entre os dentes de trás. Você também pode esguichar da frente para trás da língua ou da boca do seu cão.

Tenha cuidado para não deixar seu cão inalar a substância, pois isso pode levar à aspiração. Se o seu cão não vomitar em 15 minutos, você pode dar uma segunda dose.

Fique com seu cachorro enquanto ele vomita. Recolha o vômito para levar para o veterinário analisar e não deixe seu cão ingerir novamente o material tóxico.

Fique atento a complicações e reações adversas, como vômitos por mais de 45 minutos, diarreia, letargia, inchaço ou dilatação gástrica ou úlceras gástricas.

Leve o cão ao veterinário o mais rápido possível. O tempo é fundamental e a medida mais certa é levar seu cão ao veterinário ou clínica de emergência para induzir o vômito.

Em alguns casos, outro tratamento também pode ser necessário, como aplicação de soro intravenoso.

Se você não tiver conseguido fazer seu cão vomitar, seu veterinário pode lhe dar um medicamento mais forte para ele vomitar o que engoliu.

LEIA TAMBÉM:

Aprenda a adestrar o seu cão Passo a Passo
O seu cachorro está impossível e você não sabe mais o que fazer? Neste guia você irá aprender como adestrá-lo resolvendo os seus principais problemas de comportamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *