Cachorro Pug – Tudo Sobre a Raça

cachorro pug

Nosso site não tem apoio financeiro e dependemos de você para poder continuar. Ajude compartilhando esse artigo em suas redes sociais.

Tudo sobre o cachorro pug

Tambem conhecido como pug chinês, mini mastim, mastim holandês, buldogue holandês, carlin, o cachorro pug e atualmente muito popular, são cães de companhia com grandes personalidades.

Eles são animais de estimação amigáveis, e acima de tudo e gostam de passar tempo com a sua família humana. Eles se dão muito bem com humanos de todas as idades e exigem atenção de qualquer pessoa da família, incluindo crianças ou até estranhos.

Esses cães são pequenos, mas atarracados e se saem bem em qualquer ambiente familiar, incluindo apartamentos. No entanto, eles são predispostos a várias doenças, e devido a suas características únicas, como os olhos grandes e salientes e as rugas adoráveis ​​no rosto, podem precisar de mais cuidado para manter seu melhor amigo saudável. Além disso, o pelo do cachorro pug não precisa de muita manutenção , mas mesmo assim eles perdem muito pelo. Eles não são hipoalergênicos, ou seja, algumas pessoas pode ter alergias ao cachorro pug, mas babam pouco e quase não tem cheiro.

História da raça

O cachorro pug se originou na China entre 206 aC e 200 dC, durante a dinastia Han. Esses cães eram de propriedade de imperadores da China e tratados como parte da realeza, e às vezes até tinham soldados para tomar conta deles.

Também há evidências cachorros semelhantes aos Pugs encontrados no antigo Tibete e no Japão. Mas esses cães tiveram um novo nome, Mopshond, quando foram trazidos para a Europa pelos comerciantes holandeses nos anos 1500 e 1600. Depois de aparecerem na Europa, o cachorro pug ficou famoso nas famílias reais.

Quando começaram a aparecer em todo o mundo, a raça recebeu novos nomes. Por exemplo, na França são chamados Carlin , mas na Espanha são conhecidos como Doguillo ; na Alemanha, são os Mops e na Itália, o cachorro pug é conhecido como Caganlino.

Nos anos 1800, havia duas linhas de reprodução dominantes na Inglaterra, uma delas a linha Morrisson, que aparentemente era criada junto com os cães reais da rainha Charlotte, e a outra era de cães importados da Hungria e da Rússia, criados por Lord e Lady Willoughby de Eresby. Eles acabaram sendo trazidos para a Inglaterra em 1861, quando o Palácio Imperial Chinês foi invadido pelos britânicos.

O Pug foi destaque em muitos cartões postais, figuras e pinturas durante a Era Vitoriana, na qual eles se tornaram muito populares. Foi após a Guerra Civil que esta raça chegou aos Estados Unidos e em 1885 e foi reconhecida pelo American Kennel Club.

Características da raça

Tamanho e  peso 

Macho: 30 a 35 cm de altura – 5,8 a 9 Kg

Fêmea: 25 a 30 cm de altura – 5,8 a 8 Kg

Os filhotes de cachorro pug são robustos são geralmente de cor castanha com um tom de prata ou marrom glaro, mas também podem ser pretos.

O cachorro pug sempre tem focinho preto, liso, curto e arredondado, sua cabeça é quadrada e grande em proporção ao corpo.

Seu corpo é pequeno, mas robustos, quadrados e grossos. Às vezes, os pugs podem ter manchas nas bochechas. Suas mandíbulas e dentes serão levemente inferiores e os olhos são escuros, proeminentes e muito grandes.

As orelhas do cachorro pug pode ser em forma de botão ou de rosa, mas sempre serão finas e pequenas. O cachorro pug é logo reconhecido por grandes e profundas rugas  no rosto.

Eles têm uma cauda para cima que se enrola uma ou duas vezes e cai sobre as costas. A pelagem é sempre curta e de textura descrita como suave e fina.

Cuidados e manutenção

O cachorro pug é relativamente calmo em ambientes fechados e são bons animais de estimação para idosos ou que moram em apartamentos.

Eles são bem comportados, mas tem muita energia, principalmente se não fizerem exercícios diários. Eles adoram passear ou brincar ao ar livre, mas você deve ter cuidado e evitar passeios e exercícios se estiver muito quente e úmido, pois os cachorros pugs são sensíveis ao clima quente.

Os cachorros da raça pug ​​também são conhecidos por roncar, o que deve ser considerado por pessoas que dormem pouco ou tem sono leve.

Os pugs devem ser alimentados com ½ a 1 xícara de ração seca por dia, dividida em duas refeições.

Apesar dos pêlos curtos, os cães da raça pug perdem muito pelo, pricipalente no verão. Para ajudar a remover os pelos velhos e manter o pêlo em boa forma, seu cão deve ser escovado e banhado regularmente. Um banho por mês é geralmente suficiente, embora mais vezes seja o ideal.

As orelhas do cachorro pug devem ser verificadas regularmente e as unhas também precisam ser aparadas regularmente. Esta raça tem rugas faciais únicas e precisará de cuidados especiais. As rugas do pug devem ser limpas e bem secas após o banho, seja usando um lenço de bebê ou uma bola de algodão. Caso contrário, pode ocorrer infecção por sujeira e umidade.

O cachorro pug têm olhos grandes e salientes, que podem ser vulneráveis ​​a irritações e lesões e precisarão de cuidados especiais. Eles também precisam de tratamento odontológico e devem ter os dentes escovados com frequência.

Personalidade e temperamento da raça pug

O cachorro pug foi criado como animal de companhia, e é o que ele faz melhor.

Eles não cães de caça, mas ficam muito mais felizes sentados confortavelmente no seu colo. No entanto, eles não devem ser taxados de preguiçosos , pois gostam de correr e brincar ou mostrar sua personalidade palhaça.

Embora pequena, esta é uma raça robusta e resistente que não se machuca facilmente com as crianças, e as crianças adoram os pugs. Embora eles gostem de atenção, eles não são do tipo que procuram atrair ou perseguir pessoas para brincar. Se treinados e socializados corretamente desde filhote, os Pugs se dão bem com outros animais de estimação, como coelhos, gatos e etc, além disso, se dão bem e gostam de ter outro companheiro canino.

Os pugs são cães inteligentes que precisam de donos com personalidade forte que mostre a eles quem é o líder da matilha, caso contrário, eles podem tirar vantagens de você.

Fontes:

https://wagwalking.com/breed/pug

Aprenda a adestrar o seu cão Passo a Passo
O seu cachorro está impossível e você não sabe mais o que fazer? Neste guia você irá aprender como adestrá-lo resolvendo os seus principais problemas de comportamento.

ASSINE NOSSO SITE E RECEBA EM SEU E-MAIL OS NOVOS ARTIGOS

Nosso site não tem apoio financeiro e dependemos de você para poder continuar. Ajude compartilhando esse artigo em suas redes sociais.

Gostou desse artigo? Deixe um comentário

Rolar para o topo
%d blogueiros gostam disto: