Cachorro pode Pegar Coronavírus?

Devido a muitos mitos espalhados pela internet, muitos proprietários de animais estão preocupados se seu gato ou cachorro pode pegar coronavírus ou transmitir o novo vírus.

Cachorro pode pegar coronavírus?

Nosso site não tem apoio financeiro e dependemos de você para poder continuar. Ajude compartilhando esse artigo em suas redes sociais.

Animais de estimação podem pegar e espalhar o coronavírus

Atualmente há muitos mitos e verdades e alarmes falsos na internet sobre o novo vírus, um deles é que seu cachorro pode pegar o coronavírus e transmitir a outros animais de estimação e até para humanos. Leia mais…

O que é o coronavírus?

Cachorro pode Pegar Coronavírus

Os coronavírus são assim nomeados por sua forma de coroa e foram identificados pela primeira vez em meados da década de 1960.

O vírus geralmente causa doenças respiratórias como o resfriado comum.

Um novo estudo descobriu que o vírus pode ter se originado em morcegos e depois se espalhado para os seres humanos através de cobras ou pangolim. Um um tipo de tamanduá, que é o hospedeiro intermediário mais provável do novo coronavírus.

Sabe-se que sete tipos de coronavírus infectam os humanos. Como o vírus é considerado novo, é um tipo de vírus que nunca foi estudado antes.

Inicialmente, muitos das pessoas infectadas trabalhavam ou frequentavam um mercado atacadista de frutos do mar em Wuhan, na China, que também vende animais vivos e recém-abatidos.

É por isso que os especialistas suspeitam que ele tenha passado para os humanos a partir de um hospedeiro animal. Já que os Chineses tem hábito e tradição de comer animais exóticos, como cobras, aranhas e escorpiões.

Esta não é a primeira vez que um coronavírus patogênico passa de um hospedeiro animal para um humano. O Ebola, a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) e síndrome respiratória aguda do Oriente Médio (SRAOM) são exemplos recentes. 

A doença causada pela infecção por esse vírus é chamada COVID-19.

Cachorro pode transmitir o coronavírus?

Você não vai pegar coronavírus humano do seu cachorro ou animal de estimação. Na verdade, os cães, gatos e a maioria das espécies carregam seus próprios tipos de coronavírus, mas esses não são patógenos humanos. Ou seja, não são transmitidos do seu cão ou gato para você.

Não há necessidade de colocar uma máscara no seu cachorro ou em quarentena se suspeitar que ele tem gripe canina. A Organização Mundial da Saúde (OMS) relata que não há evidências de que o coronavírus possa infectar animais de estimação, como cães e gatos.

Cachorro pode pegar coronavírus?

Especialistas concordam, que definitivamente não. Seu cão não pode pegar coronavírus.
Alguns dias atrás, o Departamento de Agricultura, Pesca e Conservação de Hong Kong  informou que amostras das cavidades nasais e orais de um cão testaram “positivo fraco” para novos coronavírus. Acreditava-se ser a primeira vez que um cão apresentava resultado positivo para o novo vírus.

Então o cão, que não apresentava sintomas , foi colocado em quarentena e testes serão feitos repetidamente até que o resultado volte a ser negativo, de acordo com o comunicado. 

Cachorro pode pegar coronavírus?
Cachorro em Hong Kong com máscara

Apesar disso, o AFCD e a Organização Mundial da Saúde concordam que não há evidências de que animais de estimação, como gatos ou cães, possam ser infectados com coronavírus.
Isso ocorre porque, embora os cães possam ter um resultado positivo para o vírus, isso não significa necessariamente que eles foram infectados.

Sabemos que os coronavírus podem viver em superfícies e objetos , embora os pesquisadores não saibam exatamente quanto tempo esse vírus pode durar. 

Da mesma forma, o coronavírus pode estar presente na pele de um cão ou gato, mesmo que o cão ou gato não tenha realmente contraído o vírus. O AFCD está testando para verificar se o cão foi infectado pelo vírus ou se ele apenas transporta o vírus no nariz e na boca.

As evidências atuais sugerem que os cães não correm mais risco de espalhar o coronavírus do que os objetos , como maçanetas, cadeiras e móveis, disse Sheila McClelland, fundadora da Lifelong Animal Protection Charity , sediada em Hong Kong.
McClelland disse que não houve casos confirmados de gatos ou cães que tenham contraído a doença em nenhum lugar do mundo, e que não existem estudos publicados comprovando que o cachorro pode pegar coronavírus.

Em estado de pânico, as pessoas poderiam abandonar ou matar seus animais de estimação com medo do cachorro pegar ou transmitir o coronavírus. Por isso não compartilhe mensagens falsas. Envie esse artigo ao máximo de pessoas que puder!

Leia também:

Aprenda a adestrar o seu cão Passo a Passo
O seu cachorro está impossível e você não sabe mais o que fazer? Neste guia você irá aprender como adestrá-lo resolvendo os seus principais problemas de comportamento.

Conclusão:

Cães e gatos tem coronavírus – mas não são os mesmos tipos de vírus do surto atual. Essas cepas presentes nos animais são de um tipo completamente diferente e não causam problemas respiratórios.

De acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, a principal maneira pela qual o coronavírus está se espalhando é de pessoa para pessoa, seja quando as pessoas estão próximas, seja por gotículas respiratórias quando uma pessoa infectada tosse e espirra.

Nosso site não tem apoio financeiro e dependemos de você para poder continuar. Ajude compartilhando esse artigo em suas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *