American Staffordshire Terrier

O American Staffordshire Terrier, é conhecido por seus criadores como companheiros inteligentes, confiantes e de boa índole. A coragem deles é proverbial. Um animal bem socializado é um amigo leal e confiável até o fim da vida.

american staffordshire terrier

Nosso site não tem apoio financeiro e dependemos de você para poder continuar. Ajude compartilhando esse artigo em suas redes sociais.

História do cachorro American staffordshire terrier

Anos atrás, na Grã-Bretanha, várias raças de cães foram criadas para ringues de lutas, mas esses tristes espetáculos, no entanto, nos deixaram um legado feliz: várias das raças mais amadas da atualidade – entre elas o Bulldog , o Bull Terrier e o American Staffordshire Terrier,  surgiram como cães de luta nos séculos 18 e 19. Além de lutarem entre si, eles eram soltos em bandos contra um urso ou um touro, e os espectadores apostavam no terrível resultado.  Felizmente, esses passatempos revoltantes foram proibidos há muito tempo. 

Conteúdo:

  1. Staffordshire Bull Terrier x American Staffordshire Terrier
  2. Temperamento de American Staffordshire Terrier
  3. Características da raça
  4. Alimentação
  5. Cuidados com o pelo
  6. Treinamento
  7. Cuidados com a saúde
  8. Padrão da raça American staffordshire terrier

Quando se trata das raças bull terrier, todos podem concordar que eles tem parentesco com o Bulldog. (Observe que o Bulldog de 200 anos atrás era um animal muito diferente e muito mais feroz do que os adoráveis cães de hoje.)

O argumento começa quando especialistas em raças tentam identificar quais raças terrier preexistentes residem no fundo genético do American staffordshire terrier. Alguns sugerem que raças extintas como o White English Terrier e o Black-and-Tan Terrier faziam parte da mistura genética que levou à criação do Staffordshire Terrier, precursor do American staffordshire terrier.

Qualquer que seja a verdadeira composição genética do American staffordshire terrier, estamos certos de que os britânicos da classe trabalhadora, interessados ​​em esportes de sangrentos, combinaram o físico atarracado e a mandíbula forte dos Bulldogs à moda antiga com a coragem e a “ingenuidade” dos terriers para criar animais fortes e musculosos como touros.

american staffordshire terrier - história da raça
American staffordshire terrier – história da raça

Staffordshire Bull Terrier x American Staffordshire Terrier

Em meados do século XIX, o Staffordshire Terriers havia chegado à América. Criadores Americanos desenvolveram um Staffordshire Terrier maior que a versão inglesa. Atualmente, a American Kennel Club reconheceu os dois tipos como raças diferentes: o Staffordshire Bull Terrier e o American Staffordshire Terrier.

O bem-educado American staffordshire terrier de hoje é um animal mais maduro do que seus ancestrais das lutas de cães, e tem sido um animal de estimação não só nos Estados Unidos mas também no Brasil.

Isso é confirmado pelos animais que encontramos todos os dias nas ruas e nas praças. Em 1903, o cão de guerra Americano mais condecorado da América era um American staffordshire terrier chamado Sgt. Stubby, um cão de guerra da Primeira Guerra Mundial. Depois disso, três presidentes dos EUA tiveram American staffordshire terrier como animais de estimação.

Temperamento de American Staffordshire Terrier

O American Staffordshire Terrier é um cão brincalhão e amoroso . No entanto, eles precisam ser tratados como um membro da família. Sem um ambiente amoroso , eles podem desenvolver algumas tendências agressivas.

Muito exercício e estimulação mental são necessários para manter esses cães sob controle. Na verdade, 60 a 90 minutos por dia de atividades é o mais recomendado . Sem carinho e atividade esse cão provavelmente exibirá comportamento destrutivo.

Embora eles desejem nada mais do que ser seu amigo e companheiro, eles não foram feitos para o estilo de vida de “cãozinho da vovó”.

Pelo contrário, eles são cães bastante aventureiros e ativos . Adoraram fazer caminhadas ou quaisquer atividades ao ar livre junto de você.

Esses cães se saem melhor com um treinamento positivo, isso porque as vezes eles podem ser sensíveis e teimosos, e quando são contrariados, seu lado bravio aparece.

Um cão atlético e enérgico, como o American Staffordshire Terrier, exige muito exercício . Deixar o cachorro no quintal o dia todo não é o ideal: ele pode correr pelo espaço, mas como é um cão que gosta do contato com as pessoas e se sente parte da família, então ele precisa de estar sempre junto ao seu dono.

Eles gostam de brincadeiras longas com seu dono e assim desenvolvem sua saúde física e psicológica. Além disso, eles gostam de participar de esportes caninos, sempre com obediência , agilidade e até um mergulho no mar. Os American staffordshire terrier são também treinados para busca e resgate de feridos.

Características da raça

Os American staffordshire terrier são musculosos e atarracados, medindo de 43 a 48 cm de altura. Sua cabeça é larga, as mandíbulas são bem definidas, as maçãs do rosto pronunciadas e os olhos são redondos e escuros separados.

É um cão é ágil e gracioso, com uma marcha elástica que mostra a confiança inata da raça. A pelagem é dura e brilhante vem tem várias cores e padrões.

Os donos de American staffordshire terrier descrevem seus cães como profundamente conscientes de tudo ao seu arredor, brincam com tudo e são adoráveis, mas são ​​“cães de personalidade forte”.

Eles também gostam de desafios mentais e físicos. Além disso são altamente treináveis.

  • Altura: 43 a 48 cm (macho), 43 a 45 (fêmea)
  • Peso:25 a 32 Kg (macho), 18 a 25 libras (fêmea)
  • Expectativa de vida: 12 a 16 anos

Alimentação

Os American staffordshire terrier só se dão bem com alimentos para cães de alta qualidade , fabricados comercialmente ou preparados em casa com as devidas restrições.

Qualquer ração deve ser adequada à idade do cão (filhote, adulto ou sênior). Alguns cães tendem a ficar acima do peso , então observe o consumo de calorias da ração e o peso do seu cão. Petiscos podem ser uma ajuda importante no treinamento, mas dar muitos pode causar obesidade.

Aprenda sobre quais alimentos humanos são seguros para cães e quais não são. Consulte o seu veterinário se tiver alguma dúvida sobre o peso ou a dieta do seu cão. Água limpa e fresca deve estar disponível o tempo todo.

Cuidados com o pelo

Cuidar do pelo curto e rígido da American staffordshire terrier é muito fácil. Uma rápida escovada com uma escova de cerdas macias toda semana geralmente é suficiente para remover qualquer sujeira ou outro material estranho.

Além disso, uma boa escovação distribui os óleos da pele por todo o pelo e assim o ajuda a ficar sempre saudável.

Se American staffordshire terrier entrar em lugar enlameado, provavelmente será necessário um banho . Caso contrário, o banho pode esperar até quando e se ele desenvolva um cheiro de “cachorro”.

Como em todas as raças, as unhas do American staffordshire terrier devem ser cortadas regularmente, pois unhas muito compridas podem ser dolorosas e causar problemas ao cão enquanto caminham e correm.

Treinamento

Aulas inciais de socialização e treinamento dos filhotes são recomendadas para todas as raças, mas, dada a forte  força física e exuberância do American staffordshire terrier, elas são uma necessidade.

A inteligência e facilidade de aprender da raça, torna o treinamento um processo fácil e divertido. Mesmo assim, certos comportamentos, como morder móveis e chinelos além de cavar , podem ser difíceis de resolver.

Deve-se notar que a agressão canina pode se desenvolver mesmo em animais bem-socializados e adestrados, por isso um American staffordshire terrier nunca deve ser deixado sozinho com outros cães.

Saúde

O American staffordshire terrier é uma raça robusta e saudável, mas o criador ou dono deverá sempre fazer uma triagem para doenças, como por exemplo: displasia da anca canina , doenças cardíacas e alergias do pelo.

Um teste genético foi desenvolvido recentemente para ataxia cerebelar, que causa um declínio progressivo na coordenação muscular, que surge entre as idades de 3 e 5 anos; agora, identificando cães com a mutação, os criadores podem evitar evitar o cruzamento de animais portadores.

Como em todas as raças, as orelhas devem ser verificadas regularmente e os dentes do cão devem ser escovados com frequência.

Exames de saúde recomendados pelo National Breed Club:

  • Avaliação de quadril
  • Exame cardíaco
  • Avaliação da tireóide
  • Teste de DNA para ataxia cerebelar
  • Avaliação Oftalmológica

Padrão da raça American staffordshire terrier

american staffordshire terrier - padrão da raça
American staffordshire terrier – padrão da raça
  1. O American Staffordshire Terrier deve dar a impressão de ter grande força para o seu tamanho, um cão bem organizado, musculoso, mas ágil e gracioso, profundamente esperto. Ele deve ser corpulento, não de pernas longas. Sua imagem de corajoso é sua principal marca
  2. Cabeça: comprimento médio, profundo, crânio largo, músculos da face muito pronunciados. Orelhas – cortadas ou não, sendo a última preferida. As orelhas não cortadas devem ser curtas. Animais com orelhas caídas estão fora do padrão. Olhos – escuros e redondos, baixos e distantes. Sem pálpebras rosadas. Focinho – comprimento médio, arredondado na parte superior que cai abaixo dos olhos. Mandíbulas bem definidas. Maxilar– deve ser forte e ter poder de morder. Lábios fechados e uniformes, sem folga. Dentes superiores desencontram dos inferiores na frente da boca. Nariz definitivamente preto.
    Pescoço: pesado, ligeiramente arqueado, unido os ombros à nuca. Sem folga na pele.
  3. Dorso – relativamente curto. Ligeira inclinação da cernelha à garupa, com suave inclinação curta na garupa até a base da cauda. Lombo ligeiramente dobrado.
    Corpo – costelas bem arqueadas, profundas na traseira. Todas as costelas juntas. As pernas dianteiras são bem separadas para permitir o desenvolvimento do peito. Peito profundo e largo.
  4. Cauda – Curto em comparação com o tamanho, ajuste baixo, afinando para um ponto fino; não enrolado ou retido. Não encaixado.
  5. Pernas -As pernas da frente devem ser retas, ossos grandes ou redondos, metacarpos na vertical. Sem aparência de curva na frente. Quartos traseiros bem musculosos. Pés de tamanho moderado, bem arqueados e compactos. A marcha deve ser elástica, mas sem rotação ou ritmo.
  6. Pelo – Curto, unido, rígido ao toque e brilhante.

Padrão da raça de acordo com Site oficial do Staffordshire Terrier Club of America

Galeria de fotos

Aprenda a adestrar o seu cão Passo a Passo
O seu cachorro está impossível e você não sabe mais o que fazer? Neste guia você irá aprender como adestrá-lo resolvendo os seus principais problemas de comportamento.

Nosso site não tem apoio financeiro e dependemos de você para poder continuar. Ajude compartilhando esse artigo em suas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *